Como vender mais na Black Friday?

Chegou aquela época do ano que varejistas e compradores ficam ansiosos com as campanhas e promoções: começou a  contagem regressiva para a Black Friday! Com ela, vem também a dúvida que tanto inquieta os varejistas: como vender mais na Black Friday?

O foco do artigo é listar dicas simples que podem te ajudar muito!

Este ano, assim como no ano passado durante a pandemia, a tradicional de experiência de compras de fim de ano está se tornando muito forte no digital. Seja em computadores ou smartphones e dispositivos móveis, uma coisa que sabemos com certeza é que os consumidores ainda poderão encontrar ofertas de black friday tentadoras nos diferentes sites de e-commerce.

Neste artigo, falaremos sobre como empresas de todos os tamanhos podem se preparar para a Black Friday. Mas, primeiro, vamos mergulhar na história da Black Friday para descobrir como toda essa loucura e frenesi surgiram.

A História da Black Friday

O mito mais popular sobre a história da Black Friday é baseado na crença de que as lojas de varejo passam a maior parte do ano no vermelho, de acordo com seus balanços. Quando a temporada de compras natalinas chegava, acreditava-se que os varejistas finalmente começariam a lucrar. Seus balanços também refletiam isso, indo do vermelho ao preto. No entanto, a verdadeira história da Black Friday e suas origens são muito diferentes do mito adotado. 

De acordo com o jornal americano Business Insider, a Black Friday começou nos Estados Unidos na década de 1950, depois que a polícia da Filadélfia cunhou o termo para descrever o caos que se seguiu ao dia de Ação de Graças.

Em 2003, a Black Friday se tornou tão popular que era o dia de compras mais movimentado do ano nos Estados Unidos, e o status ainda continua. O famoso evento de compras natalinas também se estendeu a outras partes do mundo, inclusive para o Brasil.

Embora o Dia de Ação de Graças seja um feriado celebrado na América do Norte, diversos países do mundo adotaram a Black Friday como uma data de descontos e compras.

Cyber ​​Monday

Após o sucesso da Black Friday, surgiram mais feriados de varejo, incluindo a Cyber ​​Monday. Frequentemente esses são considerados tão semelhantes que poucas pessoas sabem de suas diferenças. Então, vamos começar discutindo a Black Friday. 

A Black Friday tradicionalmente cai na sexta-feira imediatamente após o feriado de Ação de Graças. Ele marca oficialmente o início da temporada de compras natalinas.

A Black Friday começou como totalmente offline, depois que passou por uma migração. 

A Cyber ​​Monday, por outro lado, já começou principalmente online. Ele foi criado em 2005 para ajudar varejistas menores a competir com grandes empresas que ofereciam descontos na Black Friday.

Como preparar seu site de e-commerce para a Black Friday

Com a grande quantidade de clientes esperados para comprar ofertas online novamente este ano durante o fim de semana de Ação de Graças, há uma coisa que é praticamente garantida: sua loja online terá um aumento no tráfego. 

Embora isso seja uma ótima notícia, a desvantagem é que o alto tráfego pode rapidamente levar a um desempenho ruim do site. Isso vale tanto para grandes varejistas quanto para pequenos proprietários de empresas de comércio eletrônico.

Dado o número estimado de vendas da Black Friday, é crucial que as empresas tenham seus sites preparados para a inevitável corrida da Black Friday, incluindo a otimização de SEO.

Aqui estão algumas dicas para garantir que seu site esteja pronto para o aumento esperado de tráfego da Black Friday.

1. Planeje com antecedência.

Nunca é muito cedo para começar a se preparar e você deve ir para essa temporada com:

  1. Uma interface de usuário intuitiva
  2. Uma experiência de checkout excelente que ofereça várias opções de pagamento
  3. Alta performance em dispositivos móveis

2. Verifique a velocidade do seu site.

As festas de fim de ano podem ser estressantes para compradores ocupados que não querem perder tempo esperando o carregamento de seus sites favoritos. Ter um site lento também prejudica a credibilidade com os clientes e arrisca a retenção de clientes.

Para verificar a velocidade do seu site e garantir o melhor desempenho, o Google possui uma ferramenta gratuita, simples e fácil de usar. Basta inserir o seu URL e a ferramenta analisará o desempenho do seu site, obtendo resultados imediatos.

3. Audite seu processo de checkout. 

As pessoas que fazem compras online, especialmente durante as férias, muitas vezes têm falta de tempo. Eles esperam que o processo de finalização da compra em sua loja online seja rápido e eficiente.

Em um dia como a Black Friday, quando os clientes estão ansiosos para comprar, você deseja aproveitar a oportunidade para realizar o máximo de vendas possível. Seu processo de checkout precisa ser perfeito, fornecendo uma maneira simples para os clientes comprarem em sua loja.

Lembre que se os visitantes não conseguirem passar pelo processo de finalização da compra, todo o dinheiro gasto em marketing para direcionar o tráfego para sua loja não terá importância – tudo será em vão.

É por isso que você deve testar seu processo de checkout com antecedência, passar por ele você mesmo e otimizá-lo para obter os melhores resultados. Isso não irá beneficiá-lo apenas na Black Friday, mas também irá ajudá-lo ao longo do ano.

Muitas vezes, um processo de checkout ineficiente pode levar ao abandono do carrinho.

4. Seja bom de atendimento

O atendimento ao cliente é uma parte importante da administração de uma loja online de sucesso. Basta uma única experiência ruim de atendimento ao cliente para prejudicar a imagem de sua marca, causando a perda de clientes e vendas. 

Como muitas vendas online são esperadas, você deve se preparar para um aumento nas solicitações de atendimento ao cliente e ter várias maneiras – claramente identificadas em seu site – para os compradores entrarem em contato com você para obter suporte ao cliente.

Para os compradores, os aspectos mais importantes do atendimento ao cliente são resolver os problemas em uma única interação e conversar com um representante experiente do atendimento ao cliente.

Você pode considerar estar pessoalmente disponível ou ter outra pessoa de prontidão para responder às perguntas dos clientes em tempo real. 

Oferecer um bom atendimento ao cliente também ajuda a criar confiança em sua marca.

9 Estratégias de marketing para experimentar na Black Friday

Estas estratégias de comércio eletrônico da Black Friday são projetadas para ajudá-lo a impulsionar o tráfego e as vendas para que você possa capitalizar no maior dia de compras do ano. 

1. Implementar estratégias de retargeting

Algumas pessoas navegarão em seu site, examinarão suas ofertas e optarão por sair sem fazer uma compra. Isso, no entanto, não significa que eles não estejam interessados ​​ou que você tenha que perdê-los como clientes. 

Com as estratégias de retargeting certas, você pode acompanhar pessoas que nunca fizeram check-out online.

Existem até aplicativos específicos que você pode usar especificamente para essa finalidade. Com a ferramenta certa de automação de marketing, você pode configurar sequências de e-mail direcionadas a compradores que abandonaram seus carrinhos de compras em seu site.

2. Presença nas redes sociais, também com foco em vender mais na black friday

A mídia social é um ótimo lugar para as marcas fornecerem conteúdo envolvente e de alta qualidade que incentive os clientes a fazer uma compra. Além de promover postagens de blog por meio da mídia social, você também deve criar conteúdo informativo valioso para o seu público.

Ao planejar sua estratégia de marketing de mídia social nesta Black Friday, lembre-se de incluir um senso de urgência em suas mensagens – mas tome cuidado para não exagerar. Os compradores rapidamente ficarão imunes a um fluxo interminável de “ofertas por tempo limitado” e começarão a ignorá-las se virem muitas delas.

3. Faça upsell e venda cruzada de seus produtos

O upsell é quando os clientes escolhem um produto e são encorajados a atualizar sua escolha para uma versão mais cara e sofisticada.

A venda cruzada oferece aos clientes a oportunidade de comprar itens relacionados ou complementares que atendem a uma necessidade que seus itens originais não atendem.

Quando se trata de venda cruzada, lembre-se de que não se trata apenas de fazer com que os clientes comprem produtos de ponta. O objetivo é oferecer produtos afins que apresentem a melhor solução para atender às necessidades dos clientes.

4. Faça promoções do tipo 2 por 1

Dê a seus clientes um motivo para fazer mais negócios com você e, ao mesmo tempo, oferecer uma oferta da Black Friday. “Compre um, vele 2” é quando os clientes compram um item e recebem um item semelhante e comparável gratuitamente ou com desconto. Elas são eficientes para que o público faça compras maiores.

5. Lance novos produtos para vender na black friday

O fim de semana da Black Friday é um ótimo momento para apresentar um novo produto, mas, para que o lançamento de seu produto seja bem-sucedido, você precisa criar um novo entusiasmo para envolver clientes novos e existentes.

Você pode aumentar a conscientização usando seu blog, promoções da loja ou fazendo parceria com influenciadores do setor. Aqui estão algumas táticas a serem consideradas:

O principal benefício dos lançamentos de produtos é que eles chamam a atenção para sua empresa e sua marca. Essa atenção extra muitas vezes pode levar a mais clientes e aumentar as vendas de seus produtos existentes e novos.

6. Encante seus clientes mais leais.

Especialmente em uma época que tem sido desafiadora para muitos, surpreender e encantar seus clientes pode ajudar muito. 

Quer seja levando seu atendimento ao cliente para o próximo nível ou criando um programa de fidelidade e recompensas do cliente, oferecer uma experiência líder ao cliente permite que seus clientes saibam que você sempre fará um esforço extra por eles.

Dar recompensas inesperadas aos clientes pode renovar seu interesse, restaurar sua fidelidade e aumentar suas vendas. 

Conecte-se digitalmente com marketing por SMS ou envie notas de agradecimento manuscritas aos seus compradores mais leais. Isso fará com que eles se sintam especiais e apreciados, mostrando que são importantes para você. Além disso, certifique-se de envolver os clientes nas redes sociais com mensagens diretas personalizadas para aqueles que compartilharam seu conteúdo ou gostaram de suas postagens.

Essa capacidade de alcançar os clientes em um nível pessoal também pode lhe dar uma vantagem competitiva em relação aos grandes varejistas e ajudar a vender mais na black friday.

7. Vá além da Black Friday.

A Black Friday é apenas um dia durante um longo fim de semana de feriado, em que os clientes esperam conseguir ofertas fenomenais. É importante considerar sua abordagem e ter uma estratégia de marketing para todos os cinco dias da Cyber ​​Week, e até mesmo para o mês: black november. Cupons e cashback são ótimos para isso!

8. Adicione um toque de personalização em tudo o que você faz. Isso te ajudará a vender mais na black friday.

O envio de mensagens personalizadas para seus clientes aumentará suas vendas, seu valor médio do pedido e aumentará sua taxa de conversão. 

Por que? Porque eles querem se sentir como um em um milhão e não receber uma mensagem sua que enviou para centenas de outras pessoas. Eles querem saber que são importantes para você e isso vai ajudar não só a melhorar sua imagem, mas também terá impacto direto se o objetivo é vender mais na black friday.

A personalização permite que você demonstre isso. Aqui estão algumas maneiras diferentes de oferecer uma experiência personalizada:

  1. Ofereça negócios diferentes para grupos de clientes diferentes (novos clientes versus clientes VIP, por exemplo) para personalizar suas mensagens com base em comportamentos de compra.
  2. Nas páginas do produto, inclua recomendações com base no que outros clientes compraram, além do produto que o comprador está visualizando.

9. Crie uma estratégia de marketing por e-mail com antecedência.

Otimize sua estratégia de email marketing planejando com antecedência e criando várias campanhas de email marketing personalizadas para suas promoções de férias.

A Black Friday e a Cyber ​​Monday tratam de negócios urgentes. Suas campanhas de e-mail devem despertar um senso de urgência com linhas de assunto que despertem a curiosidade e obriguem as pessoas a ler o e-mail.

Comece a planejar, criar e programar suas campanhas de e-mail cerca de um mês antes da Black Friday e da Cyber ​​Monday. Pense no que pode oferecer de cupons e cashback. Sites especializados, como a Cuponeria, são ótimos para auxiliar na criação e divulgação dessas ofertas.

Em resumo: 

Com um pouco de preparação, você pode se colocar em perfeito alinhamento para conquistar novos clientes e aumentar vendas neste período de festas, que começa com a Black Friday.

Os clientes estão tendendo mais do que nunca a fazer compras online. Eles estão caçando pechinchas e procurando ofertas, portanto, se seu site for otimizado para mecanismos de pesquisa, há boas chances de eles descobrirem sua loja. 

Todas as chances estão a seu favor. Se você jogar suas cartas da maneira certa, suas vendas de fim de ano podem ser maiores do que você jamais imaginou!

Espero que tenha gostado e que aproveite as dicas para vender mais na black friday 🙂